domingo, 8 de maio de 2011

Arrecadando forças

Com tanta coisa para te dizer agora, basta uma: tudo passa. Não é só uma canção. Não há nada para dizer. Sou muleta, a força esta em sua mão. O leme esta por aí, deixe estar, descobrirás a direção. Leva tempo, mas não digo nada, ele desenhará a carta e colocará a mão. "somos fortes", justificativas não existem. Leva tempo para renascer. O tempo e a distância vão apagando para fazer nascer memórias. "já é um ponto a menos".Sou muleta, a força esta em sua mão. E você já me ri, sabendo que faz parte o riso do choro, e eu já me rio. "e ficamos leves".

Um comentário:

babi disse...

AMEI!!
VOCÊ SEMPRE DEFINE TÃO BEM.
TE AMO IRMÃ.